• Ativa Gestão

COMO USAR A AGENDA DE FORMA MAIS ESTRATÉGICA

A agenda é uma ferramenta de gestão de tempo muito importante para um líder. Nela você percebe o foco, o planejamento de um ciclo, se prepara para diferentes ocasiões, prioriza trabalho e ajuda os liderados a fazerem o mesmo. Aqui falamos de liderança pelo exemplo.


A cada nível de liderança você terá um foco em especial, seja em pessoas, processos, estratégia ou visão. A minha agenda como líder de nível 1 (Gerenciar outros) é focada nas pessoas. Hoje a minha agenda é 60% dedicada a pessoas, 20% dedicada a processos e 20% dedicada a projetos estratégicos. Isso não é uma regra, mas dá clareza de onde está o meu foco e quanto tempo irei dedicar para cada um dessas frentes.


Hoje lidero 5 times de desenvolvimento de software, numa das maiores empresas de tecnologia do Brasil. São 21 liderados diretos os quais acompanho de perto nas mais diversas cerimônias.


Para atender ao plano da minha agenda de priorizar pessoas, tenho reservado para participar de pelo menos uma reunião de cada time por semana, assim estou sempre perto dos times, podendo apoiar nos desafios apresentados no dia a dia, facilitando cerimônias, ajudando com produto e também nas comunicações entre times e entre clientes. Também faço 3 reuniões de acompanhamento individual (1:1s) por semana com o objetivo de conhecer melhor o liderado, entender os seus valores, prioridades, ajudar no seu desenvolvimento profissional, dar e receber feedback. Além disso, eu destaco um time focal por mês, o qual participo de todos encontros do time e conheço a operação desse time de forma detalhada e aprofundada, analisando os indicadores e apoiando o time na tomada de decisão. Ainda relacionado a pessoas, participo em diversos fóruns relacionados à avaliação (provas), seleção (entrevistas) e contratação (proposta) de novos desenvolvedores.


Isso está longe de cobrir todas as responsabilidades de um líder com pessoas, além disso é normal as pessoas te buscarem por ajuda - e é seu dever se colocar sempre a disposição. Você também deve ser um catalisador na formação de grupos, chapters, guildas dentro da organização. Você tem a responsabilidade da avaliação de desempenho dos liderados, você deve trabalhar os motivadores dos liderados e evoluir o clima organizacional. Não é pouco.


Existem também os trabalhos burocráticos, contratação, férias, desligamento, banco de horas, hora extra… E por aí vai.


Importante como líder você se envolver com outras áreas e apoiá-las. Numa empresa de tecnologia como coordenador de desenvolvimento, isso significa se relacionar com outros times de tecnologia, com produto, suporte, customer success, marketing, vendas. Ter uma relação ampla, com analistas, coordenadores, gerentes e diretores. Busque sempre ajudar aos outros.


Falamos de pessoas, de tarefas burocráticas e também de networking. Ainda temos processos e projetos estratégicos para cobrir. Os processos dão poder de escala para uma organização, através deles nos comunicamos melhor, entregamos melhores produtos, temos uma direção. Como líder você será envolvido em diversas reuniões seja da área corporativa tratando de pessoas, seja da área de CS e suporte na comunicação e alinhamento com clientes, seja da sua própria área tratando do acompanhamento tático, evolução de processos como de avaliação de desempenho, plano de cargos e salários, sejam processos ágeis de nível de time ou de organização, em resumo, tem bastante trabalho.


Não podemos deixar para trás os projetos estratégicos, é através deles que concretizamos a visão. Se você participou do plano de orçamento da sua empresa, deve ter claro para onde a organização quer ir. Com isso em mãos você é responsável em propor projetos, organizar e acompanhar o progresso e sucesso deles. Numa empresa de tecnologia você vai ver de tudo, desde projetos de evolução de stack tecnológica, estrutura organizacional, de onboarding de colaboradores, de compartilhamento de conhecimento com a comunidade interna e externa, tem muita coisa para fazer e melhorar sempre.


Como estamos falando de agenda, estamos falando de gestão de tempo, e gestão de tempo é DISCIPLINA. Existem alguns hacks para melhorar nesse tópico, mas algumas dicas são:

  • Começar a semana com 40% do tempo livre - sim, imprevistos acontecem, esteja pronto;

  • Tire tudo que puder da cabeça, coloque num quadro branco, num caderno, onde for melhor para você consultar depois;

  • Saiba dizer não, e mais importante, quando dizer não;

  • Já ouviu falar da Matriz de Eisenhower? Ela pode te ajudar a priorizar e organizar o que deve ser feito ou não por você.

Espero que com o que compartilhei com vocês hoje, você consiga construir a sua agenda de forma clara, objetiva e focada. Essa com certeza é uma ferramenta que vai ajudar no seu sucesso profissional e dos seus liderados.


Por Vinicius Roggia Gomes


Se você gostou deste conteúdo siga nossos perfis para ter acesso a muito mais:


Instagram: @lider_transformador

Youtube: Liderança Transformadora



82 visualizações

Posts recentes

Ver tudo